Ciclo João Bénard da Costa

28/05/2009

A “luta” de João Bénard da Costa vai ter um último suspiro na cidade do Porto. Não que a obra dele não fique para sempre, porque vai ficar, mas digamos que será a última vez que de forma directa “ele” nós entrega o seu “conhecimento”.

Qual a melhor maneira de o fazer? Respirar cinema. Será como uma grande homenagem que não se limita a recordar quem parte, mas preocupa-se em passar o testemunho.

Pelo cinema Medeida do Campo Alegre vão passar: Murnau, Sterberg e até Rivette.

Seja por Bénard ou pelo Cinema, é importante utilizar estas exibições.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: